26 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

Por determinação judicial cadeia de Sidrolândia é interditada e 16 presos são levados para capital

Por determinação da Justiça, a cadeia pública de Sidrolândia foi interditada e os 16 detentos levados para Campo Grande. A partir de agora, quem for preso em flagrante será encaminhado à Capital. A transferência foi determinada pelo Judiciário, depois de solicitação da Defensoria Pública, por causa das condições precárias das seis celas da delegacia. Há dois meses a própria delegada Deborah Mazzola, pediu à Secretaria de Justiça e Segurança Pública a interdição da delegacia.

Quatro celas estão fechadas desde outubro quando seis presos provocaram um quebra-quebra numa tentativa de fuga. Este cenário caótico acontece nove meses depois de ter sido inaugurada a reforma completa do prédio. Segundo informações de policiais, os problemas das celas foram provocados pelos próprios presos que além do último quebra-quebra, entupiram a rede de esgoto com o reboco raspado das paredes numa ação diária para tentar abrir um buraco por onde pudessem escapar. Com isto o mau-cheiro é insuportável dificultando a permanência dos internos e dos próprios policiais.

Além da falta de  condições de higiene, a cadeia não tem câmeras de vigilância ou alarmes, o que acaba facilitando o trabalho dos presos na hora de fugir. Em uma das últimas tentativas, três detentos fugiram.  Na registrada em outubro, quatro detentos  estavam saindo pela porta da frente da delegacia quando foram surpreendidos por policiais militares que entravam no local.

Rebelião

A última rebelião na cadeia foi no dia 07 de outubro. Foi liderada por Luciano Soares de Carvalho, 36 anos, Mário de Souza Machado, 25 anos, Robson de Oliveira Fernandes, 30 anos, Vilson Novaes da Silva, 20 anos, Pedro Martinez Filho, 19 anos e Rodrigo Pereira Dias, 21 anos, todos com extensa ficha criminal, sendo os dois primeiros autores de homicídio. Eles tentavam fugir pela porta da frente da delegacia, quando foram surpreendidos por policias militares que foram acionados pelo agente de plantão.

Região News