04 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 24º

Após incêndio, prefeitura construirá usina para catadores de lixo

Diana Christie e Heloísa Lazarini

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), visita agora pela manhã a UPL (Usina de Processamento de Lixo) que foi incendiada no último domingo no bairro Dom Antônio Barbosa, causando mais de R$ 250 mil de prejuízos.

O incêndio consumiu o material que garantiria o salário do mês de agosto e o décimo terceiro salário dos catadores. Agora o prefeito entrega as cestas básicas doadas pela SAS (Secretaria de Assistência Social) e as cartas de crédito individual no valor de R$ 1 mil, oferecidos pela Funsat (Fundação Social do Trabalho).

Daniel Arguello, presidente da Coopermaras, conta que, por diversas vezes, os catadores tentaram contatar o prefeito para discutir a situação da Usina que funcionava de maneira provisória. Ele lamenta que foi preciso uma tragédia acontecer para receber a visita de Bernal.

Segundo Daniel, a prefeitura sempre respondeu não possuir verbas para atender as reivindicações pela construção de uma UTR (Unidade de Tratamento de Resíduos). Porém, agora, a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) e a Seinthra (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) sinalizaram que pretendem construir a unidade definitiva até janeiro de 2014.

Por enquanto, os catadores utilizarão um barracão provisório, trabalhando com uma média de duas toneladas de lixo por dia. Eles aguardam também a chegada de dois caminhões oriundos de um projeto do governo federal que irá aumentar a produção para seis toneladas ao dia. Daniel explica também que o novo barracão contará com extintores de incêndio para evitar novas tragédias.