01 de outubro de 2020
Campo Grande 41º 24º

Kits escolares foram aprovados hoje, mas data de entrega ainda não foi definida

Na tarde de hoje foram apresentados os kits de material escolar para as escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino). Na semana passada no dia da apresentação, os kits foram extraviados no momento da conexão em São Paulo, do voo de Curitiba (PR) para Campo Grande. Hoje, os materiais foram aprovados por uma comissão formada por três professores da coordenação de ensino fundamental da Semed (Secretaria Municipal da Educação) e uma pessoa da administração.

No total, foram apresentados três lotes de materiais, cada um contendo um kit, que foram divididos em: 1º lote (1º ao 4º ano do ensino fundamental), 2º lote ( 6º ao 7º ano do ensino fundamental) e 3º lote (7º ao 9º ano do ensino fundamental e EJA –Educação de Jovens e Adultos).

 Os kits são todos similares. Cada lote contém cola, caderno, caderno de desenho, apontador, régua, caneta, lápis de cor, giz de cera, borracha, lápis e tesoura. O diferencial é que no 2º lote há um caderno universitário e no 3º lote, além do caderno universitário há um conjunto de réguas geométricas. O total são 89 mil kits e o valor máximo ´dos kits pode chegar a mais de R$ 4,5 milhões.

Após a aprovação de hoje feita pela comissão, o prefeito de Campo Grande deverá homologar e empenhar o material. Após ser divulgada a nota de empenho, a empresa  Brink Mobil Equipamentos Educacionais ganhadora da  licitação terá o prazo máximo de entrega de 30 dias.

As coordenadoras do ensino fundamental acharam o material apresentado de ótima qualidade, mantendo o nível do material apresentado em 2013. “Não tivemos problemas, tudo é de ótima qualidade. Os lápis são flexíveis, a pigmentação das cores é ótima, assim como tudo o que foi apresentado”, disseram.

A entrega dos materiais não tem dia fixado, pois a homologação e o empenho do material não tem prazo para ocorrer, podendo acontecer dentro de uma semana, um mês ou mais, ou seja, os alunos da Reme correm o risco de receber os materiais atrasados novamente. O

As mochilas para os estudantes não foram apresentadas, assim como o uniforme escolar. Especula-se que nova licitação seja aberta para que empresas apresentem propostas para esses materiais.

Tayná Biazus

[table id=3 /]