25 de setembro de 2020
Campo Grande 36º 21º

Prefeitura cogita transferir órgãos municipais para a antiga rodoviária

A prefeitura de Campo Grande cogita transferir alguns órgãos municipais para o prédio da antiga rodoviária. De acordo com o diretor-presidente do Planurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano), Valter Cortês, vários departamentos estão sendo estudados e a preferência é daqueles com maior fluxo de pessoas e que estejam em prédios alugados.

Enquanto a prefeitura não decide quais órgãos irão ocupar o prédio, algumas ações começam no prazo de 30 a 60 dias. “Já temos um plano de trabalho com intervenções urbanísticas no espaço de entorno. São algumas ações pontuais como adequação do sistema viário do entorno, iluminação onde funcionava o terminal interestadual de ônibus, dar uma recapeada na área para eliminar a poeira. Isso enquanto a gente faz projetos para ver quais instituições vamos levar para lá”.

Apenas 9% da área construída da antiga rodoviária pertence à prefeitura. Por isso, os outros proprietários do prédio foram consultados pelo Planurb. “Estamos vendo como vai ocupar esse espaço com os demais proprietários privados. Algo em torno de 91% da área é privada. Vamos buscar uma atividade que possa agradar esses comerciantes também. Procuramos estabelecer interlocução para que não seja uma decisão autoritária”, garantiu Valter.

Segundo o diretor-presidente do Planurb, os proprietários estão bastante animados com a medida e querem uma resposta rápida da prefeitura para decidirem em como realizar seus investimentos. O objetivo é resgatar o fluxo de pessoas para a região que ficou abandonada após a transferência da rodoviária interestadual.

Diana Christie