29 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 20º

CONFRONTO

Jovem suspeito de integrar PCC morre em troca de tiros com a PM

"Diamante" teria trocado tiros com a PM no Los Angeles em Campo Grande

Lucas Kauã Martins Vinco de Oliveira, de 20 anos, vulgo “Diamante”, morreu baleado pela polícia, no Bairro Jardim Los Angeles, em Campo Grande, na noite de ontem, terça-feira (26). Segundo a Polícia Militar ele era parte de organização criminosa que aliciava adolescentes e cometia furtos na região do bairro Mata do Jacinto. O jovem morreu durante confronto com os militares, conforme a PM.

Ainda segundo os policiais, ‘Diamante’ era integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Um segundo suspeito, Pedro Silvério da Silvai Junior, de 20 anos, também acabou preso após tentar fugir da residência no Los Angeles ele estava com ‘Diamante’ no momento em que os PMs foram até o local.

O capitão da PM, Pablo Soares, disse que após a apreensão de quatro adolescentes, três de 16 e um de 17 e de um veículo Gol, no Bairro Nova Lima, os menores disseram que o carro seria de “apoio” e indicaram aos militares que fossem até uma casa no Jardim Panorama, onde vive Rodrigo, de 20 anos, que seria da organização. Indo ao local a polícia encontrou Rodrigo que apontou a casa de Lucas. Os PMs chegaram ao local as 22h quando aconteceu o tiroteio, segundo a polícia.

Lucas foi baleado e com ele apreendido um revólver .32. A polícia disse que ele chegou a ser levado à Unidade de Pronto Atendimento Universitário (UPA), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Na residência no Jardim Los Angeles a polícia afirmou que encontrou drogas, o revólver que teria sido utilizado por Lucas, televisor, máquina de alta pressão, tênis e celulares.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) no Bairro Piratininga.