08 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 17º

Polícia prende receptadora que pode estar contratando adolescentes para praticar furtos em Sidrolând

A partir da apreensão do menor F. S.C, 17 anos, que nesta terça-feira por volta das 16 horas arrombou uma casa na Rua Tomaz Cáceres, conjunto Diva Nantes, para levar um notebook e uma televisão de 32 polegadas, a Polícia Civil  chegou à receptora Elizete Lopes Aparecido, 33 anos.

Há suspeita é de que ela estaria atuando em Sidrolândia na receptação de aparelhos de tv, celulares, computadores portáteis, máquinas fotográficas,  furtados por menores,  que  são revendidos em Campo Grande.

 A suspeita da Polícia é que Elizete manteria contato com uma rede de adolescentes infratores, os orientava a praticar os furtos mediante o compromisso de compra dos objetos. Ela confessou a Polícia que pagou R$ 70,00 pelo notebook furtado da casa de Daniela Centurião.

O  adolescente  foi apreendido graças ao testemunho de uma vizinha, Yolanda Aparecida Cabreira,  que viu F.S.C  sair da casa de Daniela com um aparelho de TV e o notebook.

Ao perceber a aproximação da Polícia Militar, o jovem  abandonou a televisão num bar localizado na esquina das ruas Generoso Ponce e Domingos Alves Nantes e fugiu para sua casa no Jardim Pindorama, onde foi surpreendido pelos policiais ainda na sala.

Ele confessou o furto e disse que vendeu o notebook para Elizete, residente no outro lado da cidade, na Rua Ipê, Bairro Pé Cedro. Levada para a delegacia ela admitiu o crime de receptação e disse que o computador portátil está com seu ex-marido.

Esta não foi a primeira vez que Daniela foi vítima de ladrões, embora esteja morando nesta casa no Bairro Diva Nantes há apenas quatro meses, em companhia dos dois filhos. Há alguns dias  quando chegou do trabalho foi surpreendida com a porta da cozinha arrombada, mas na ocasião o ladrão só levou o botijão de gás.

Desta vez recebeu a informação do novo furto enquanto trabalhava, por um telefonema. Quando chegou a casa, a polícia já tinha conseguido recuperar sua tv e o notebook. “Foi muita sorte  a vizinha ter visto tudo e acionado a PM”, afirmou.

Onda de furtos

Sidrolândia tem registrado uma onda de furtos e assaltos à mão armada, principalmente, a conveniências. Boa parte das ocorrências envolve adolescentes que invariavelmente são apreendidos pela Polícia Militar e no mesmo dia voltam às ruas. Recentemente foram localizadas três bicicletas nas proximidades da Escola Estadual Catarina de Abreu que foram deixadas pelos ladrões. Eles levaram as “magrelas” mais novas das vítimas e deixaram suas, bem mais velhas.

Região News