30 de novembro de 2021
São Paulo 39º 24º

Aécio tem "esperança" em Rosa pela CPI da Petrobras

A- A+

O senador e pré-candidato a presidente da República, Aécio Neves, do PSDB, comentou nesta sexta-feira (11) sobre o fervor do Congresso com a guerra entre as bancadas por causa da proposta de criação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar denúncias de irregularidade na Petrobras. Diante do número de assinaturas necessárias para instalara a CPI da Petrobras, a bancada governista no Senado se mobilizou e conseguiu de última hora assinaturas para que a comissão fosse ampliada para investigar também denúncias de cartel no metrô de São Paulo e possíveis irregularidades no Porto de Suape, em Pernambuco. Tucano, contudo, acredita que o Supremo Tribunal Federal (STF) dará parecer favorável para que a CPI se restrinja à Petrobras. "A ministra do STF Rosa Webber vai receber alguns parlamentares nesta terça-feira (15) e nossa esperança é de que ela nos dê uma liminar para a instalação da CPI da Petrobras", disse Aécio em entrevista por telefone ao radialista e ex-prefeito de Salvador Mário Kertész, dono da rádio Metrópole. "A gente precisa deixar claro que o Congresso não quer apurar absolutamente nada. Eu apoio qualquer CPI, sobre qualquer assunto, o governo pode investigar o que quiser. Eles não querem investigar a Petrobras, deixam a CPI para o final da fila. Eu falei ao presidente do Senado, Renan Calheiros: o que o senhor está fazendo no Congresso é uma violência", completou o tucano. Agência Brasil 247