GEO AND DEVICES - POR TERO QUEIROZ

MS Notícias

domingo, 31 de maio de 2020

ACUSAÇÕES

AGU quer entregar só a parte do vídeo em que Moro fala

Após pedir para o ministro do STF rever solicitação, AGU quer recortar peça só da parte do Moro

Por: GABRIELA COELHO DA CNN BRASIL07/05/2020 às 15:06
ComentarCompartilhar
Ex-ministro da Justiça Sergio Moro anuncia saída do governo (24.abr.2020)Ex-ministro da Justiça Sergio Moro anuncia saída do governo (24.abr.2020)Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Advocacia-Geral da União (AGU) apresentou novo pedido ao ministro Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal (STF), pela "reconsideração" de decisão que obrigou o Planalto a apresentar a gravação da reunião ministerial ocorrida no dia 22 de abril. Dessa vez, para ser apresentada apenas a parte em que o ex-ministro da Justiça Sergio Moro aparece.

“Em complementação à petição anteriormente aviada, rogar seja também avaliada a possibilidade de reconsiderar a ordem de entrega de cópia de eventuais registros audiovisuais de reunião presidencial ocorrida no dia 22 de abril de 2020, para que se restrinja apenas e tão-somente a eventuais elementos que sejam objeto do presente inquérito”, disse a AGU. 

Ontem, a AGU enviou um pedido de reconsideração ao ministro para que o governo não fosse obrigado a apresentar o vídeo. O governo alega que na reunião foram tratados ‘assuntos potencialmente sensíveis e reservados de Estado’. A gravação da reunião está sob posse do chefe da Secretaria Especial de Comunicação (Secom), Fabio Wajngarten.  Na terça-feira (5), o ministro havia dado 72 horas para o governo entregar gravações de uma reunião ocorrida entre o presidente e seus ministros, antevéspera da saída de Moro do Ministério da Justiça.

Em depoimento à Polícia Federal, o ex-ministro Sergio Moro relatou à Polícia Federal que Bolsonaro anunciou, durante o encontro com o seu primeiro escalão de governo, que iria ‘interferir em todos os ministérios‘ e que, caso não conseguisse trocar o comando da Polícia Federal no Rio de Janeiro, ele trocaria o diretor-geral da corporação e o próprio ministro da Justiça.

Fonte: CNN Brasil. 

Deixe seu Comentário

TV MS

15 de maio de 2020
Ministério da Cidadania fala sobre auxílio emergencial
Ministério da Cidadania fala sobre auxílio emergencial

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua referência em jornalismo no Mato Grosso do SulRua José Barnabé de Mesquita, 948
CEP 79100.200 - Vila Duque de Caxias
Campo Grande/MS
 (67) 99309.8172

Editorias

Institucional

Mídias Sociais

© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma