24 de maio de 2022
São Paulo 23º 11º

PESQUISA

Avaliado como 'ruim ou péssimo' governo Bolsonaro perde apoiadores

Nova pesquisa mostra pior avaliação de gestões desde 1990, no governo Collor

A- A+

O governo de Jair Bolsonaro enfrenta agora o peso da cobrança e da impaciência de seus apoiadores. O presidente recebeu nessa terça-feira (23) o resultado da pesquisa que mostra seu governo com a pior avaliação, desde o governo de Fernando Collor de Mello, em 1990.

A pesquisa mostra 4 entre 10 brasileiros (39%), mostram insatisfação com as ações de Bolsonaro. Os apoiadores do governo reclamam que Bolsonaro não fez nada verdadeiramente positivo para a população em seus 200 dias de governo. A pesquisa foi feita nos dias 4 e 5 de julho.  

Outro ponto da pesquisa, avalia que subiu para 45% de mulheres que não apoiam o Bolsonaro. Além disso, subiu também o número de negros que são contra Bolsonaro e também subiu o número de nordestinos insatisfeitos com o gestor. Estes avaliam o governo com ruim ou péssimo.  

Outro ponto importante da pesquisa mostra que o decreto das armas não beneficia a população pobre, 68% acreditam se tratar de um decreto para os ricos.

A pesquisa ouviu 2.860 pessoas com mais de 16 anos, em 130 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o índice de confiança é 95%. Para 33% dos entrevistados, Bolsonaro faz um trabalho ruim ou péssimo.

*Com informações da jornalista Flávia Faria