28 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Bernal se reúne com vereadores para explicar reajuste do IPTU e nega 'tarifaço'

A- A+

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) chegou há pouco na Câmara de Vereadores da Capital para se reunir com presidente em exercício da Casa, vereador Flávio César (PTdoB). A pauta do encontro é reajuste do IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) 2016.

Depois de ser criticado pelos vereadores de oposição por alterar planta de Campo Grande, mudando valor venal de imóveis, e reajustar taxa por decreto, sem passar pelo crivo dos vereadores, Bernal foi convocado por Flávio César a prestar esclarecimentos. O prefeito não viu problemas em ter que, mais uma vez, se explicar aos vereadores.

"Virei quantas vezes for necessário, não vejo problemas para falar de reajustes, sou muito convicto que estamos fazendo um bom trabalho pela cidade", disse Bernal.

Em pronunciamento durante sessão de terça-feira (6), o vereador Airton Saraiva denunciou o que seria uma "artimanha" de Bernal de reajustar valor venal de imóveis para que IPTU 2016 fosse mais alto, mesmo ele tendo aplicado reajuste inferior a 10%. 

Bernal nega que haja "segundas intenções" e garante que cálculo de reajuste foi efetuado com base no IPCA e não há irregularidades. "O IPTU é prioridade, fizemos o cálculo em cima do IPCA, de inflação, mas vamos fazer as coisas com responsabilidade para não prejudicar a população."