26 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

ELEIÇÕES 2020 | SIDROLÂNDIA

Com vantagem segura, Daltro Fiúza deixa Enelvo Felini a 14 pontos de distância

Candidato do PSDB  tem ainda a maior taxa de rejeição e o emedebista  a menor, segundo a pesquisa IPR

Leia também

• MDB busca dar a volta por cima disputando prefeituras de 35 municípios

A três semanas das eleições, o Instituto IPR consultou as intenções de voto dos eleitores de Sidrolândia, que têm três candidatos disputando a prefeitura: os ex-prefeitos Daltro Fiúza (MDB) e Enelvo Felini (PSDB) e o empresário Moacyr Almeida, o Moacyr do Vacaria (Patriota). Além de liderar nos diferentes cenários sugeridos pela pesquisa, o emedebista tem ainda a vantagem de aparecer com o menor índice de rejeição, ao contrário do tucano, que é o mais rejeitado. (Eis a pesquisa na íntegra).

O IPR entrevistou 304 eleitores sidrolandenses nos dias 23 e 24 deste mês. Com o registro nº MS-09207/2020  na Justiça Eleitoral, margem de erro máxima total de 5,3 pontos percentuais para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95%, a pesquisa consultou intenções de voto para a Prefeitura e Câmara de Vereadores e conferiu a avaliação dos governos estadual e federal.

Consulta espontânea, quando o eleitor diz o nome sem que lhe apresente opções
Na consulta espontânea, a diferença de Daltro para Enelvo é superior a 14 pontos: 37,94% sobre 23,24%, ficando 3,53% para Moacyr, 2,35% de eleitores que pretendem votar em branco ou anular o voto e ainda 32,94% que não souberam ou não quiseram responder à entrevista. 

Pesquisa estimulada, quando se apresenta ao eleitor os nomes dos candidatos

Daltro é o preferido também na consulta estimulada, quando o entrevistador mostra a lista dos candidatos ao entrevistado. O candidato do MDB tem 45,29% contra 29,12% de Enelvo e 5,59% de Moacyr. Os que não responderam ou não souberam responder são 16,47% e os que pretendem anular o voto ou votar em branco 3,53%.

REJEIÇÃO

Na rejeição, lidera Enelvo, como o menos preferido dos eleitores de Sidrolândia

Para consultar o cenário das rejeições, o IPR perguntou aos eleitores em qual dos três concorrentes não votariam de jeito nenhum. O candidato mais rejeitado é Enelvo, com 29,12% de citações. Ele ficou no empate técnico com Moacyr, que teve 28,24%. Daltro é o terceiro, com 10,88%, ao passo que 12,06% dos sidrolandenses afirmaram que podem votar em qualquer um dos três, 15,88% não souberam ou não quiseram responder e 3,82% são os dos votos brancos e nulos.