25 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

GOVERNO FEDERAL

Deputado do centrão que negocia com Bolsonaro é alvo de ação da PF

Sebastião Oliveira (PL-PE) indicou o nome de Fernando Marcondes de Araújo Leão para a direção-geral do Dnocs

O deputado federal Sebastião Oliveira (PL-PE), que negocia cargos no balcão de negócios que Jair Bolsonaro montou para formar uma base aliada no Congresso, é alvo da Operação Outline, desencadeada pela Polícia Federal, que investiga um esquema de corrupção em obra do Contorno Viário da Região Metropolitana de Recife.

Oliveira foi quem indicou para Arthur Lira (PP-AL) o nome de Fernando Marcondes de Araújo Leão, nomeado diretor-geral do Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas) nesta quarta-feira (6), com salário de R$ 16.944,90.

Na manhã desta sexta-feira, a PF realizou buscas no apartamento funcional do parlamentar em Brasília e também na sua residência em Recife, Pernambuco.

Os policiais federais também prenderam dois ex-servidores do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) de Pernambuco. A coluna tentou contato com o parlamentar e o DER do estado, mas não obteve retorno.

A obra no contorno viário de Recife foi contratada por R$ 190 milhões, e estava sendo paga, em parte, pela União, que transfere o dinheiro para o DER do estado. O deputado Sebastião Oliveira foi ex-secretário de Transportes do estado.

Na primeira fase da Operação, em novembro do ano passado, foram apreendidos documentos e arquivos digitais que levantaram a suspeita sobre a contratação de uma empresa fantasma para a realização da obra.

Fonte: Fórum