24 de maio de 2024
Campo Grande 23ºC

'EXPORTAÇÃO DE PICANHA'

Em MS, Carlos Fávaro destaca agro singular do Brasil

Ministro comenta impacto de nova planta da JBS

A- A+

Em pronunciamento nesta 6ª.feira (12.abr.24) durante a inauguração de uma planta da JBS em Campo Grande (MS), o Ministro da Agricultura Carlos Fávaro ressaltou o significado da habilitação da nova unidade, que eleva o número de estabelecimentos autorizados a exportar para a China no estado para 9.

Fávaro destacou que, até o momento, foram abertos "105 novos mercados para os produtos agropecuários brasileiros", ampliando significativamente as oportunidades de comércio internacional. “49 novos países que nós não tínhamos relações comerciais com os produtos da agropecuária hoje estão disponíveis e estamos fazendo negócios", declarou.

O ministro enfatizou que a abertura desses mercados não se trata apenas de "estabelecer pontos de venda no exterior", mas sim de "gerar oportunidades e riqueza para os brasileiros", especialmente para os trabalhadores do setor agropecuário. "É construir acordos com outros países para que possamos comprar e vender produtos", explicou.

Com a habilitação da nova planta, a previsão é que o número de colaboradores na unidade frigorífica passe de "2.300 para 4.600", demonstrando o impacto direto na criação de empregos e no desenvolvimento econômico local.

Fávaro ressaltou ainda a importância das relações diplomáticas e do trabalho conjunto entre diferentes órgãos do governo para viabilizar essas conquistas comerciais. "Essa habilitação gera oportunidades e riquezas para a empresa, mas também para a população", apontou o ministro.

Ele também destacou o papel fundamental do Ministério das Relações Exteriores, da Apex e dos "fiscais auditores do Ministério da Agricultura" na garantia da qualidade e segurança dos produtos brasileiros destinados ao mercado internacional. "Queremos agradecer a todos os fiscais auditores do Ministério da Agricultura que trabalham muito para garantir essa qualidade que atestamos para o mundo", disse Fávaro.

Além disso, Fávaro enfatizou o compromisso do Brasil com a sustentabilidade ambiental e social na produção agropecuária. "Ninguém no mundo produz com tanta sustentabilidade como os produtores brasileiros", afirmou.

O ministro também mencionou o empenho do governo em fortalecer as relações comerciais com outras regiões além da União Europeia. "É prioritário percorrermos os países do sul global, alinharmos nossas posições com os Brics, com os Emirados Árabes, com toda a África", destacou.

Por fim, Carlos Fávaro reiterou o compromisso do Ministério da Agricultura em oferecer suporte aos produtores brasileiros diante dos desafios enfrentados, como problemas climáticos e variações nos preços das commodities. Ele destacou ações do governo, como o "maior Plano Safra da história", que visa garantir custeio, investimento e geração de empregos no setor agropecuário.

O discurso do ministro enfatizou a importância do trabalho contínuo e colaborativo para impulsionar o desenvolvimento do agronegócio brasileiro e expandir as oportunidades no mercado global.