27 de junho de 2022

Família de Delcídio se muda para Santa Catarina após prisão do senador

A- A+

Conforme informações divulgadas pela Folhapressa, a família do senador Delcídio do Amaral (PT), preso desde dia 25 de novembro, se mudou para Santa Catarina.

A esposa de Delcídio e as duas filhas foram acompanhadas pelo irmão do senador, Ramão Amaral, que se responsabilizou pela mudança. O escritório do senador em Campo Grande também foi fechado. 

Delcídio foi preso com autorização do Supremo Tribunal Federal por ser suspeito de tentar atrapalhar investigações da Lava Jato. O Senador é investigado por tentar oferecer R$ 50 mil mensais à família de Nestor Cerveró na tentativa de evitar delação premiada do ex-diretor da Petrobras.

O senador também foi gravado em conversa com filho de Cerveró onde ele oferece rota de fuga para o ex-diretor. Delcídio nega, e diz que frase foi dita no intuito de confortar filho de Cerveró.

A relação profissional de Delcídio e Cerveró é estreita desde 1999, quando o petista era diretor da gás da Petrobras e Nestor era seu principal subordinado. Em um depoimentos que prestou à Polícia Federal, Cerveró contou que teria intermediado pagamento de propina de U$ 2 milhões que seriam destinados à campanha de Delcídio em 2006. 

O senador está preso no Batalhão de Trânsito da Polícia Militar em Brasília evai ter de enfrentar em 2016 processo na Comissão de Ética no Senado por quebra de decoro.