10 de abril de 2021
Campo Grande 35º 20º

Mario Cesar critica Gaeco ‘Marcos Alex age como advogado de Bernal’

Leia também

• Autor da denúncia que originou Coffee Break diz que operação 'é maquiagem arquitetada por Bernal'

• Após denúncia sobre suposta armação da Coffee Break, Siufi cobra de Alex que Cazuza seja investigado

• Cazuza nega encontro com jornalista e critica Siufi: ‘quem tem boca fala o que quer’

Na sessão desta quinta-feira (17) enquanto vereadores aguardam uma posição dos integrantes da Comissão de Ética da Câmara Municipal de Campo Grande que investiga a quebra de decoro de nove parlamentares, envolvidos na Operação Coffee Break, alguns aproveitaram para se manifestar contra a ação do Grupo de Atuação Especial ao Crime Organizado (Gaeco).

Mario Cesar (PMDB) lembra que a forma como alguns veículos da imprensa agiram expondo os vereadores foi irresponsável, "eu fui conduzido coercitivamente sem necessidade nenhuma e isso acaba manchando nossa imagem e desgastando as coisas, parece até que o Marcos Alex age como advogado de Bernal, enquanto isso nos estamos sendo prejudicados por algumas atitudes, mas eu tenho certeza que a verdade será esclarecida e vamos colaborar pra isso" diz Mario.

Já o vereador Ayrton Araújo (PT), aproveitou a oportunidade para criticar a gestão do prefeito Alcides Bernal (PP), "Bernal serve para ser locutor, o eleitor acreditou nele, mas ele deveria voltar para o rádio por que para ser prefeito não serve". Comenta Ayrton.