18 de janeiro de 2021
Campo Grande 27º 22º

Pedro Chaves acredita que aliança entre PT e PMDB é pauta da reunião com Lula

  Há pouco o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarcou no aeroporto de Campo Grande, para uma reunião a portas fechadas com o vereador Zeca do PT, o senador e pré-candidato a governo do Estado Delcídio do Amaral, e outros membros. A pauta da reunião, apesar de não ser revelada até o momento, poderá ser para discutir uma possível aliança entre o PT e o PMDB no Estado.Pedro Chaves, suplente do senador e pré-candidato a governo do Estado,  Delcídio do Amaral(PT), chegou a poucos minutos para a reunião e não confirmou a pauta, por ser um assunto sigiloso. " Eu tenho sentimento que o assunto a ser tratado nesta reunião é sobre a aliança entre os partidos". Questionado se o ex-presidente teria a capacidade de convencimento dos petistas para formar a aliança, Chaves respondeu que acredita nisso. "Ele é um excelente político, um grande articulador, eu acredito que Lula poderá convencer os petistas a se aliar aos peemedebistas", finalizou. A única informação recebida é que o prefeito de Anastácio - distante 324 quilômetros de Campo Grande,  Douglas Figueiredo (PSDB) e o prefeito de Sete Quedas, o vice-prefeito de Sidrolândia, Marcelo Ascoli (PSDB) ,  o vice-prefeito Caracol, Horácio Júnior Godoy (PSDB) e o prefeito de Iguatemi,  José Roberto Felippe Arcoverde (PSDB), irão apoiar Delcídio, porém não irão se licenciar. O prefeito Douglas afirmou que entrou em contato com o pré-candidato tucano a governo do Estado, Reinaldo Azambuja que, por ser republicano, encarou com naturalidade a questão. Tayná Biazus e Heloísa Lazarini *Matéria editada às 15h40 para acréscimo de informações.