06 de maro de 2021
Campo Grande 28º 19º

'Tudo pode acontecer, mas temos que matar isso logo', diz vereador sobre Processante

Leia também

• População desacredita em imparcialidade de vereadores diante de Comissão Processante

• Processante entrega relatório e Câmara pode decidir amanhã se cassa ou não Gilmar Olarte

O vereador Paulo Siufi (PMDB) anunciou nesta segunda-feira (9) que já entregou relatório da Comissão Processante que investiga prefeito afastado Gilmar Olarte por quebra de decoro. Embora tenham surgido boatos de que relatório será favorável a Olarte, nem mesmo membros da comissão querem falar do assunto antecipadamente.

Para o vereador Chiquinho Telles (PSD), a prioridade é resolver assunto logo, se possível já na sessão de terça-feira (10). "Temos 29 cabeças, tudo que acontece na Câmara é muito novo, não sabemos o que vai acontecer amanhã, até porque ele (Gilmar Olarte) já está afastado", diz Chiquinho.

Sobre informações que circularam nos bastidores da Câmara que relatório possui parecer contrário à cassação, Chiquinho não confirma. "Ficou tudo concentrado nas mãos do Siufi, ele que elaborou relatório, mas agora é esperar, agora o que precisamos é resolver, temos que matar isso, pois a população não aguenta mais esperar".

Olarte foi denunciado pelos vereadores Luiza Ribeiro (PPS), Alex do PT e Thais Helena (PT) por seis indícios de improbidade administrativa, entre eles descumprimento da lei 5.411/2014 que prevê reajuste de 13,01% do salário dos professores municipais, assim como viagem feita à Brasília no jatinho do empresário João Baird, dono da Itel Informática. Porém, das seis denúncias, apenas uma foi aceita que é de envolvimento em esquema de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, da qual Olarte, inclusiva, é réu em ação na Justiça.