21 de junho de 2021
Campo Grande 27º 16º

Futebol

Para ser vice-líder, Corumbaense vai motivado a Naviraí

A- A+

O Corumbaense viaja nesta sexta-feira à noite para enfrentar no domingo (22), às 15h, o Naviraiense, pela décima e última rodada da primeira fase do Campeonato Estadual de Futebol. O jogo pode valer ao Corumbaense a segunda colocação do Grupo, dando a vantagem de jogar por dois resultados iguais, além de fazer a segunda partida em casa diante da torcida. “É um jogo que vai exigir bastante concentração. Todas as equipes estão com jogadores pendurados, que podem ficar fora da próxima fase. Isso vai alterar o padrão, a ideia de jogo das duas equipes, porque tanto nós quanto eles temos jogadores nessas condições. Eu acredito em um bom jogo, com gramado bom, o time está motivado, já que cresceu bastante depois desses últimos resultados que nos levaram à classificação”, explicou ao Diário Corumbaense o técnico Cláudio Roberto.

Mesmo diante dos últimos episódios que envolveram os times em questões muito além do futebol, o técnico acredita que os problemas não devem ser levados para dentro de campo e frisou que não seria inteligente da parte das equipes, transformar essa partida em uma guerra dentro das quatro linhas. “São duas equipes que estarão na fase final. Eu os alertei (os jogadores) em relação aos momentos de tensão durante a partida. É evitar confusão, atos fora de campo que levem a perder jogadores por expulsão, perda de mando de campo. Penso que teremos um bom jogo, o Naviraiense vem de um grande período sem vencer, mas continua sendo uma equipe forte, estatisticamente é uma equipe que tem chegado pelo menos entre os quatro primeiros nos últimos anos, e nós estamos tentando escrever nossa história aqui no Corumbaense, levando depois de 5 anos, às finais do Estadual”, destacou Cláudio Roberto.

A última vez que o Corumbaense disputou uma fase final de Série A foi em 2010, e Tuia, atacante do Carijó da Avenida, que saiu ovacionado pela torcida na última partida após ter feito o segundo gol contra o Ubiratan, no Arthur Marinho, integrava aquela equipe. Mas, naquele ano, o Corumbaense foi eliminado pelo Chapadão, ainda nas quartas de final. Em 2015, o atacante espera chegar mais longe no campeonato. “Agora que chegamos novamente é buscar um bom resultado em Naviraí para melhorarmos a colocação no Grupo”, disse Tuia.

Há quatro jogos no gol do Corumbaense, o jovem goleiro Alisson, de 24 anos, vem se firmando com boas atuações. O camisa 12 entrou no time no jogo contra o Naviraiense e não saiu do gol desde então. O atleta credita o bom momento à qualidade do treinamento que tem realizado no clube. “Desde que me apresentei venho trabalhando forte junto com os outros goleiros e o Rodrigo Pereira – preparador de goleiros do Corumbaense.  Sempre procurei trabalhar seriamente para quando surgisse a oportunidade, estivesse preparado e graças a Deus estou tendo uma sequência boa que se deve muito ao trabalho do meu preparador, que foi essencial no meu desenvolvimento técnico”, contou.

Desfalques - O técnico Cláudio Roberto segue sem o capitão Vit, que continua fora das partidas porque não se recuperou de lesão. Magno está em fase final de recuperação e Cí tomou o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão automática para o próximo jogo. Na última terça-feira (17) o atacante artilheiro da Série B do ano passado, Williams Recife, recebeu proposta do Santa Cruz, de Pernambuco, e embarcou para defender o time de sua terra natal. Com três jogadores pendurados, o técnico disse que irá analisar o risco de colocá-los contra o Naviraiense, já que se forem punidos durante a partida, podem ficar fora do primeiro jogo da próxima fase.

Além de Corumbaense e Naviraiense, no domingo, pelo Grupo B, se enfrentarão Ubiratan e Águia Negra e Ivinhema e Sete de Setembro. Águia Negra, Naviraiense e Corumbaense garantiram na última rodada a classificação para a próxima fase da competição. A quarta vaga vai ser disputada entre Ivinhema e Sete. O Ubiratan, na lanterna, ainda luta para não rebaixar para a Série B em 2016.