13 de agosto de 2022
Campo Grande 30º 15º

FEMINICÍDIO | CAMPO GRANDE (MS)

Açougueiro mata a esposa e mantém cadáver em casa por 4 dias

Na Avenida Júlio de Castilho

A- A+

O açougueiro Inácio Pessoa Rodrigues, de 47 anos, foi preso na noite da segunda-feira (2.ago.22), após a polícia achar o corpo de Luciana Carvalho de 45 anos, na casa deles na Avenida Júlio de Castilho, na Vila Sílvia Regina, em Campo Grande (MS). 

Segundo informado, o mau cheiro exalado do imóvel e o repentino desaparecimento de Carvalho levantou suspeitas dos vizinhos. 

A Polícia Militar esteve no local e, ao entrarem na casa, encontraram o corpo da mulher caído em um dos cômodos. Havia, segundo relatam, sinais de golpes de faca no cadáver. 

Após a prisão, Rodrigues confessou o feminicídio, dizendo que cometeu o crime no dia 28 de julho. 

A reportagem procurou a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), para questionar qual seria a provável motivação do crime. A assessoria da delegacia disse, que às 9h30min desta terça (2.ago.22) haverá uma coletiva à imprensa na sede da Deam para serem apresentadas informações do novo caso de feminicídio em Campo Grande.  

*Em atualização