18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 19º

ABUSO SEXUAL

Advogado suspeito de abusar crianças em Anastácio é solto

Pais e avós das crianças continuam presos

O advogado preso na 3ª-feira (24.nov.2020) em Anastácio, no interior de Mato Grosso do Sul, pelo estupro de três adolescentes de 11, 12 e 15 anos, acabou sendo solto nesta 2ª-feira (30.nov.2020). Os pais e avós da criança seguem presos, pela associação ao abuso, já que permitiam que as menores fossem abusadas em troca de benefícios finaceiros, segundo a polícia.  

A Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) de Aquidauana havia prendido o advogado ao desarticular o esquema de pedofilia em Anastácio, na ocasião, com apoio da Polícia Militar, deteve sete pessoas. 

A delegada do caso, Joilce Ramos Silveira, flagrou as meninas e o homem consumindo bebidas alcoólicas dentro um carro. Dentro do veículo haviam remédios estimulantes sexuais e embalagens de camisinhas. Questionado, disse que levaria as meninas para lanchar com autorização dos pais. No entanto, ele seguia sentido saída de Anastácio, onde estão localizados motéis que costumava visitar e segundo a polícia, abusar as crianças. 

A delegada Joilce Ramos Silveira, que prendeu o autor, ao saber de sua liberação hoje disse se sentir a 'pessoa mais burra da terra'.