18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 20º

Assentamento é autuado por exploração ilegal de madeira

Assentamento Taquaral Agrovila I foi autuado na manhã desta quinta-feira (17) pela Polícia Militar Ambiental de Corumbá, por exploração de madeira de lei sem autorização de órgão ambiental.

Segundo PMA, foram encontradas 88 estacas retiradas de diversas árvores derrubadas da espécie de “aroeira”, que é protegida por lei. Conforme informações da PMA, o proprietário do terreno foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Corumbá e responderá por crime ambiental. A pena é de um a dois anos de reclusão. Ele também foi multado em R$ 450,00. De acordo com a polícia, o local funciona há 53 anos.

A espécie vegetal aroeira é protegida por lei. A portaria 83-N de 1991 do IBAMA proíbe o corte da “aroeira” e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.