19 de maio de 2024
Campo Grande 18ºC

ACIDENTE AÉREO | FRONTEIRA

Brasileiro de 23 anos é um dos mortos na queda de helicóptero no Paraguai

Vítima fatal era paulistano, mas tinha familiares e morava em Pedro Juan Caballero

A- A+

O brasileiro Ismael Birkner Dos Santos, de 23 anos, é um dos dois mortos na queda de um helicóptero, que ocorreu às 8h desta 5ª.feira (9.fev.23), na Colônia Paso Hũ, distrito de Yby Yaú, departamento de Concepción, no Paraguai.  

Segundo a Polícia Nacional, a aeronave chocou-se contra o solo numa área de mata a 85 quilômetros de Ponta Porã (MS).

Como mostramos mais cedo aqui no MS Notícias, testemunhas afirmaram que a aeronave teria colidido em fiações de alta tensão o que provocou a queda.

Mais cedo, também, o comissário Feliciano Martínez, diretor da Polícia Nacional de Concepción, disse à Rádio Monumental 1080 AM que os mortos eram homens de nacionalidade brasileira, porém, confirmou-se até o momento uma identidade brasileiras e alguns sites afirmam que a segunda vítima seria paraguaia.  

Vítima fatal, Ismael era paulistano, mas tinha familiares e morava em Pedro Juan Caballero.  

O procurador Pablo Zárate comentou a identificação de Ismael: “Temos a identificação positiva e formal de um dos corpos, tendo em conta que uma pessoa devidamente identificada e com a respectiva documentação abordada, provou ser irmão desta pessoa e fez o reconhecimento”, disse à Monumental 1080. Segundo o agente, o irmão da vítima apenas disse que Ismael “realizava trabalhos na zona fronteiriça”, sem dar mais detalhes.  

Sobre a causa da queda da aeronave, Zárate disse que a principal suspeita é que de fato a aeronave tenha colidido contra a torre de alta tensão da Cordilheira dos Andes. Eles, entretanto, estão esperando que os funcionários da empresa estatal verifiquem se há estragos na rede.  

O promotor acrescentou que o trabalho forense já foi realizado e a causa da morte foi determinada: "A causa da morte não se deve à incineração, mas sim ao impacto que sofreu [na queda]. As queimaduras são superficiais", esclareceu. 

Também não é um helicóptero pertencente a brasileiros, como disseram testemunhas.  

Os sites da fronteira como ABC Collor divulgaram que a segunda vítima seria um paraguaio chamado Diego Arlindo Domínguez Cardozo, de 20 anos, mas essa informação não foi confirmada com a autoridade policial local.