17 de abril de 2024
Campo Grande 21ºC

RACISMO

Homem negro leva facada, chama a polícia e é preso no lugar do agressor branco

A- A+

Um homem negro chamou a Brigada Militar de Porto Alegre (RS) após levar uma facada no pescoço, mas acabou sendo preso no lugar do agressor, um homem branco. Os envolvidos ainda não foram identificados.

O fato aconteceu na tarde deste sábado (17.fev.24) e foi registrado em vídeos que circulam as redes sociais. Conforme a Revista Fórum, testemunhas viram o homem branco tentando esfaquear o pescoço da vítima, que chamou os militares.

Após a chegada da Brigada, o agressor conversou calmamente com uma militar, enquanto outro militar questionava a vítima, chegando a puxá-lo pela camisa. O homem negro, então, pede para ser solto, já que não fez nada de errado, mas o militar o empurra contra a parede e o prende.

Enquanto isso, o homem branco sai de cena e as testemunhas pedem que o homem negro seja solto, indicando o homem branco como agressor.

Assista:

 

Ainda conforme a Revista Fórum, o agressor só foi levado junto ao homem negro para a delegacia após mobilização da população. Além disso, as testemunhas também foram para o local na tentativa de conseguir a liberdade da vítima.

Assista:

Nas redes sociais, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB) disse que determinou via Corregedoria da Brigada Militar, a "abertura de sindicância para ouvir imediatamente testemunhas e apurar as circunstâncias da ocorrência, com a mais absoluta celeridade". O governador também reforçou sua confiança na Brigada Militar e nos "homens e mulheres que compõem as forças de segurança".

Já o deputado estadual Matheus Gomes (PSOL-RS) disse que acionou seus advogados para acompanharem o caso.