16 de junho de 2021
Campo Grande 27º 14º

Ex-prefeito de Corumbá está envolvido em esquema de fraude no município

A- A+

Após um ano de investigação, foi concluído e enviado ao MPE (Ministério Público Estadual)  o inquérito que aponta  funcionários da prefeitura do município de Corumbá – distante 444 quilômetros de Campo Grande – que alterava o holerite dos  funcionários. Cerca de R$ 5 milhões foram desviados dos cofres públicos. O objetivo da alteração na folha de pagamento é para que os envolvidos conseguissem empréstimos consignados em bancos. Foi apurado que um desses empréstimos teria sido no valor de R$ 350 mil. No ano passado, os policiais federais deram cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão no município, documentos foram periciados e informações em computadores da prefeitura coletados. Cerca de 25 pessoas foram indiciadas e 60 identificadas. As parcelas dos empréstimos realizados pelos servidores públicos eram pagos com recursos da prefeitura. O ex-prefeito Ruiter Cunha de Oliveira pode ser indiciado por falsidade ideológica, formação de quadrilha e peculato. De acordo com o advogado do prefeito, ele só deve se manifestar após ser informado pela justiça. As 60 pessoas que foram identificadas também podem ser indiciadas, já que foram encontradas provas da participação. O esquema foi descoberto em novembro de 2013, durante a Operação Cornucópia, da Polícia Federal em ação conjunta com a 5ª Promotoria de Justiça de Corumbá Tayná Biazus