08 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

POLÍCIA

Mãe confessou que deixou adolescente com deficiência para ir até a fazenda

Ela afirma que não a deixou trancada na casa

Foi ouvida pela Polícia Civil de Coxim, que fica a 253 km de Campo Grande, a mãe da adolescente de 16 anos com deficiência mental, que foi encontrada por vizinhos trancada para fora de casa, sem acesso a banheiro, água e comida. A mulher confessou para a polícia que deixou a filha sozinha na casa, para ir com o marido, padrasto da menina, até uma fazenda, no último dia 19 de janeiro. Ela afirma que não a deixou trancada na casa.

Em depoimento na delegacia do município, a mãe da menina relatou ao delegado Felipe Paiva, que a adolescente tenha se trancado para o lado de fora. A mulher disse ainda que deixou a menina aos cuidados de uma mulher, que seria sua nora. 

Mas ao ser ouvida pele delegado, a mulher nega ser nora da mãe da menina e disse que  não teria ficado responsável pela adolescente. Essa mulher mencionada pela mãe da adolescente, relata que somente no outro dia, uma quarta-feira (20) a mãe da menina entrou em contato e pediu para ela ir até o endereço ver se estava tudo bem.

Segundo o site Edição de Notícias, a adolescente diz que foi deixada para o lado de fora da casa pela mãe. Ela está sob os cuidados da rede de proteção e vai ser avaliada por uma psicóloga, que deve emitir um relatório à polícia com o que realmente aconteceu.

A jovem tem 16 anos e foi resgatada no último sábado (23), depois de uma denúncia anônima. No local, os militares encontraram o portão trancado e a menina no quintal, sem acesso a casa. Um colchão estava na varanda, onde a adolescente dormia há quatro dias, sem acesso a água, comida e banheiro. A vítima se alimentava com ajuda da vizinhança, informou a polícia.

O caso foi encaminhado a Delegacia de Atendimento a Mulher (DAM), caso comprovado o crime, a mãe poderá ser indiciada por abandono de incapaz, maus tratos e cárcere.