20 de abril de 2021
Campo Grande 32º 19º

Motorista cai no golpe do falso frete e é assassinado

O caminhoneiro Luiz Pereira Costa, 53 anos, foi assassinado depois de ser contratado para um falso frete, em Três Lagoas - distante 337 quilômetros de Campo Grande. O motorista havia sido contratado nesta terça-feira (20) para fazer uma mudança para cidade de Água Clara - distante 185 quilômetros da Capital - mas ao encontrar "contratante" no local indicado, Luiz foi sequestrado.

Conforme o delegado Thiago Passos da Silva, ao chegar no local combinado, o motorista foi rendido por três homens, um deles armado com um revólver calibre 38. Os ladrões dirigiram por cerca de dois quilômetros, mas ao perceber fiscalização policial abandonaram o caminhão em Brasilândia e entraram numa plantação de eucalipto às margens da BR 262.

No cativeiro, Luiz foi amarrado e morto com um tiro na cabeça. Em ação conjunta das polícias civil e militar, os suspeitos foram identificados e indicaram o local onde assassinato ocorreu. Edson Farias Pires, 21 anos, confessou participação no crime mas disse que o tiro foi acidental. Contudo, para o delegado, as investigações e perícia indicam que foi uma execução fria.