13 de junho de 2021
Campo Grande 26º 13º

Novo Horizonte do Sul clama por justiça após enterro de mãe e bebê

A- A+

A enfermeira Joelma Regiane Calegari, de 34 anos que foi brutalmente assassinada pelo marido, Rodrigo de Jesus Quintas, 25, foi enterrada ontem ao lado da filha na tarde de ontem no Cemitério Municipal de Novo Horizonte do Sul.

Joelma estava grávida de seis meses e foi esfaqueada e atropelada por Rodrigo. Os médicos tentaram retirar a bebê às pressas, na tentativa de salvar sua vida, mas ela não resistiu e faleceu.

Os populares de Novo Horizonte do Sul estão em choque com atitude de Rodrigo, que após discutir com Joelma, pegou uma faca e atingiu a vítima no pescoço e depois entrou no carro e atropelou a esposa. De acordo com o Nova News, o clima de comoção tomou conta do município, que tem pouco mais de 4 mil habitantes era geral. “A cidade clama por justiça e queremos que o autor pague por esse crime, que sem dúvidas foi o mais violento da história da nossa comunidade”, desabafou um morador.

No enterro, uma moradora foi ouvida pelo Nova News e disse que aquele dia era um dos mais tristes de sua vida, pois estava enterrando uma pessoa que sempre se dedicou a salvar vidas. "Esse é um dos crimes mais monstruosos que tivemos o desprazer de presenciar. Ela tinha planos para sua filhinha que ia se chamar Maria Heloísa. Meu coração está partido ao meio", disse a moradora que pediu para ter nome preservado.

Dany Nascimento