28 de fevereiro de 2024
Campo Grande 24ºC

BARBÁRIE | SORRISO (MT)

Pedreiro invade casa, estupra e mata mãe e 3 filhas adolescentes

Gilberto Rodrigues dos Anjos trabalhava na obra ao lado e era foragido por crime sexual cometido em Rio Verde de MT

A- A+

O pedreiro Gilberto Rodrigues dos Anjos, de 32 anos, foi preso na tarde da 2ª feira (27.nov.23), suspeito de estuprar e assassinar a facadas Cleci Calvi Cardoso, de 46 anos e as filhas dela, Miliane Calvi, de 19 anos, Manuela Calvi Cardoso, de 13 anos, e Melissa Calvi Cardoso, de 10 anos.

Segundo a polícia mato-grossense, o criminoso invadiu a casa das vítimas no Bairro Florais da Mata, em Sorriso (MT), na noite de 24 de novembro, usou drogas, e quando as vítimas entraram em casa, foram atacadas.

Passadas 48h, na 2ª feira (27.nov.23), vizinhos e familiares estranharam o sumiço da mãe e das meninas, então acionaram a polícia. Ao ter acesso no interior do imóvel, a Polícia encontrou os corpos das vítimas mortas a golpes de faca, com cortes profundos no pescoço e nuas.

Então a polícia iniciou as diligências e ao vistoriar a uma obra ao lado da casa das vítimas, alguns trabalhadores revelaram que Gilberto dormia no local, em uma laje no piso superior. Localizado, Gilberto apresentou apenas a cópia de um dos documentos pessoais. Então, a polícia descobriu que contra ele havia um mandado de prisão em aberto, por crime sexual cometido em Lucas do Rio Verde. 

Com as novas informações, o suspeito foi novamente questionado e confessou os 4 assassinatos.

Ele contou à polícia a dinâmica do crime: disse que Cleci Cardoso e ele entraram em luta corporal, após ele ser flagrado na casa dela. Ele usou uma faca para atacar a mulher. Então, uma das filhas, Miliane, saiu do quarto para socorrer a mãe e foi atingida por golpes de faca. Na sequência, Gilberto disse que matou friamente as outras duas meninas menores.  

Depois do crime, ele contou que saiu da casa pela mesma janela por onde entrou e voltou para a obra, onde retirou as roupas sujas de sangue e guardou em um contêiner. A Polícia Civil localizou as roupas e encaminhou para a perícia. Na sacola também havia uma peça de roupa íntima de uma das vítimas.

REINCIDENTE

O crime sexual anterior cometido por Gilberto foi em setembro deste ano, em Lucas do Rio Verde. Da mesma maneira, ele invadiu uma residência e cometeu abuso sexual contra uma vítima, que estava dormindo. Após o crime sexual, ele ainda tentou matar a vítima que conseguiu reagir, mas foi ferida com uma facada no pescoço. Outra vítima que também estava na casa tentou intervir e foi atingida por um soco no rosto pelo suspeito, causando lesões no olho direito. Após os crimes, o criminoso fugiu em uma bicicleta.

Gilberto foi preso em flagrante e transferido na tarde de 2ª feira (27.nov.23) para a Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira, em Sinop, em uma aeronave do Centro Integrado de Operações Aéreas. 

O autor das quatro mortes foi autuado em flagrante pelos crimes de homicídio qualificado e estupro contra duas vítimas adultas; homicídio qualificado e estupro de vulnerável contra a vítima de 12 anos e homicídio qualificado contra a criança de 10 anos.