14 de junho de 2021
Campo Grande 27º 13º

Contrabando

Polícia apreende botox avaliados em R$ 750 mil

A- A+

Um homem de 39 anos foi preso ao tentar transportar centenas de ampolas de botox, as quais adquiriu em Assunção, capital do Paraguai, e levaria para a capital de São Paulo. O flagrante ocorreu na manhã desta quinta-feira (27), na BR-163.

A equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) realizou abordagem ao veículo Hyundai/ Santa Fé, placas de Amambai, conduzido pelo autor, e diante de verificações encontraram 565 ampolas de botox (Neuronox), além de outros medicamentos importados ilegalmente.

De acordo com informações policiais, o valor comercial da apreensão pode passar de R$ 750 mil.

Um laudo da polícia federal confirmou a presença de toxina botulínica nos itens. Ainda conforme a polícia, a droga poderia ser utilizada para aplicações médicas clandestinas de estética e até mesmo para tratamento de disfunções neurológicas e motoras.

Além do medicamento ser importado ilegalmente, sua comercialização no país é vedada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O homem falou que adquiriu o produto no país vizinho e disse que seria pago pelo transporte até a capital paulista, sem informar valores.

Ele foi preso em flagrante e poderá responder por crime contra a saúde pública e descaminho. O homem, o veículo e os produtos ilegais foram apresentados na Polícia Federal de Dourados.

A pena prevista pelo crime de Falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais é de reclusão, de 10 a 15 anos, e multa. Descaminho, a pena é de reclusão, de um a quatro anos.