14 de abril de 2021
Campo Grande 33º 19º

Crime

Sem condições de tirar CNH, condutor foje aos meios legais e é preso

Na tarde desta quinta-feira (28), após serem flagradas em uma blitz da Polícia Militar, usando carteiras de habilitação falsas, três pessoas foram parar na delegacia . O caso ocorreu na Rua Rachel de Queiroz, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande. Os autores confessaram que compraram o documento por R$ 2 mil.

Conforme informações do B.O (Boletim de Ocorrência), um homem de 44 anos, foi parado na blitz e a polícia exigiu a apresentação de sua CNH. Ao consultarem o SGI (Sistema de Informações Gerais) da polícia, os policiais não encontraram o registro do documento.

Questionado, o autor confessou que há cerca de dois anos, comprou a carteira por R$ 2 mil,  e justificou dizendo QUE FEZ ISSO,  porque tem problema de memória, não sabe ler, e só consegue escrever o seu próprio nome, sendo assim tinha a consciência de que não conseguiria tirar a CNH pelos meios legais. O homem disse aos policiais que não se recorda de quem comprou o documento.

Outras duas pessoas de 64 e 42 anos também foram presas na mesma situação. Os condutores foram autuados em flagrante e presos. Eles vão responder por uso de documento falso e podem pegar até dois anos de prisão.