24 de maio de 2024
Campo Grande 23ºC

FEMINICÍDIO | CAMPO GRANDE (MS)

Sérgio esfaqueou 30 vezes após Cristiane se negar a fazer sexo

'Se trata de um cidadão com problemas psicológicos', disse a PM

A- A+

Sérgio Guenka, de 52 anos, foi preso em flagrante na manhã desta 2ª.feira (22.abr.24), pelo feminicídio de Cristiane Eufrásio Millan, de 42 anos.

Como mostramos mais cedo aqui no MS Notícias, o corpo dela foi achado na casa em que Sérgio morava na Avenida Presidente Vargas, Vila Duque de Caxias. 

De acordo com informações preliminares, Sérgio teria matado a Cristiane no sábado (20.abr), após ela se negar a fazer sexo com ele. Somente nesta 2ª.feira (22.abr), após ele ir ao Centro de Atenção Psicossocial da Vila Almeida (Capsi) do Bairro Vila Almeida, que o caso teria chegado ao conhecimento das autoridades. Sérgio foi preso em flagrante. "Se trata de um cidadão com problemas psicológicos, ele foi detido pela nossa guarnição da Polícia Militar da 5ª Companhia e foi detido conosco aqui", explicou o Tenente da Polícia Militar, Paulo Góes.

"Os parentes deles que conseguiram abrir a casa, eles entraram e constataram o óbito da senhora no quarto", acrescentou o militar. 

"Ele revelou que ele havia feito isso há dois dias atrás, não falou o motivo, só informou aos parentes e eles vieram confirmar", completou o PM.  

A equipe da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) está no local e aguarda a perícia.