17 de setembro de 2021
Campo Grande 35º 22º

RACISMO

Vídeo: Homem registra boletim contra empresário e diz que foi chamado de "macaco"

Dono de imobiliária teria ofendido cliente após "bate-boca" por pagamentos e contrato

A- A+

Eduardo Miranda Martins, de 35 anos, registrou boletim de ocorrência contra Ricardo Brunet Garcez, dono da corretora de imóveis, Elizabeth Brunet Garcez, que ontem, 2ª-feira (21.dez.2020), teria dito para Miranda: "isso que dá mexer com esse povo, esses macacos'. 

Segundo registro de ocorrência feito na 7ª Delegacia de Polícia de Campo Gande, Miranda teria ido até a empresa formalizar as assinatura de contrato de locação de uma casa, quando, chegando na sede da imobiliária na Rua 14 de julho, Centro, Miranda foi informado por uma funcionária da imobiliária que ele deveria dar os cheques 'caução' antes mesmo com contrato ainda não assinado. O cliente se negou a pagar em tais circunstâncias e avisou que gostaria de pagar assim que o contrato estivesse assinado avisando a funcionária que retornaria assim que o contrato estivesse assinado. 

Miranda então deixou o estabelecimento e pouco depois recebeu uma ligação do dono da imobiliária, que estaria exaltado e disse que Miranda estaria descumprindo 'um combinado'. Durante bate-boca entre ambos os envolvidos, o dono da imobiliária teria desferido a fala racista contra Miranda. Com isso, Miranda teria retornado a imobiliária, onde tiveram nova discussão. Parte dela foi filmada por duas testemunhas que acompanhavam Miranda.  

Procurada, a empresa  Elizabeth Brunet Garcez disse que Ricardo não poderia atender e pediu para que a reportagem retornasse mais tarde. Outra ligação foi feita mais tarde, porém, novamente Ricardo não estava. O MS Notícias deixa espaço aberto para posicionementos futuros.