18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 20º

VIOLÊNCIA | ALERTA

Vídeo: Nem drone, nem câmeras, assustam ladrões do Siena branco na Capital

Um dos moradores chegou a ser perseguido por criminosos que agem a luz do dia

Moradores do bairro Jardim das Nações, que fica em frente ao Cemitério Parque das Primaveras, próximo ao Lago do Amor em Campo Grande estão enfrentando ondas de invasões e assaltos a residências. Vídeo mostra ações de criminosos, que segundo os moradores, são os mais novos suspeitos de ações no bairro.

Um dos moradores, que terá o nome preservado, diz que chegou a ser perseguido por suspeitos em um Fiat Siena branco. “Eu estava na minha Van, quando eu flagrei eles tentado pular o muro, aí tentei me aproximar para ver a placa, eles desistiram da ação e começaram a vir para cima de mim, e eu sai fora”, contou o morador.   

Os criminosos, segundo mostram imagens do circuito de monitoramento usam carros com placas rasuradas, além de terem um jeito peculiar de se aproximar dos imóveis para praticar o assalto. “Eles para o carro mais para frente da casa que será o alvo e vem empurrando o carro de ré, eu acho que é para que outros vizinhos não notem o barulho do veículo”, relata o morador.

Os moradores, desde 2016 monitoram o bairro com uso de Drones, com uma câmera de alta resolução acoplada o equipamento envia imagens para um dos líderes no bairro. Apesar disso, os criminosos não se intimidaram, e nos últimos dias ao menos três residências no Bairro foram alvo de criminosos. Conforme o piloto do drone, há policiais no bairro, mas ainda assim o policiamento tem demorado para chegar. “As vezes demora 50 minutos, até lá os caras desapareceram”, relata um dos moradores. 

Uma moradora quase teve a casa assaltada na tarde de ontem (26.nov), dessa vez os criminosos estavam em um Pálio Branco e se assustaram ao notar ela abrindo a janela da sala. “Eles saíram em disparada hora que me viram. Tinham imbicado o carro aqui na frente”, disse a moradora.  Nas imagens a casa dela acabou coberta pela van de outro morador não podendo ver a reação dos suspeitos.

VEJA AS IMAGENS  

Os moradores cobram as autoridades, eles pedem reforço no policiamento e que a polícia possa atendê-los com maior rapidez.