22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

Depois de um ano, fã que não pôde ir a show de Julio Iglesias consegue receber valor de ingresso

A- A+

“A justiça tarde, mas não falha”, esse é um dos ditados populares mais conhecidos no Brasil, mas, às vezes, o resultado de ações judiciais nem sempre corresponde às expectativas.

Em Campo Grande, esta semana, Giane Bastos sentiu na pele os efeitos da Justiça. Há exatamente um ano, ela, e pelo menos mais 14 pessoas, entraram com ação na Justiça contra responsáveis por trazer à Capital show do cantor Julio Iglesias (leia aqui). 

O show foi amplamente divulgado, porém, a data foi alterada três vezes. A apresentação que aconteceria dia 21 de novembro de 2014 foi agendada para dia sete de dezembro, mas de última hora foi remarcada para dia três de dezembro.

As alterações sem aviso impediram que muitas pessoas assistissem ao show e foi aí que problema começou. Na época Giane conversou com MS Notícias e relatou problemas encontrados para receber valor do ingresso. Ela gastou R$ 850 com dois ingressos, e ao ligar para stand e vendas no Shopping Campo Grande foi informada que por conta das mudanças a organização do show devolveria o valor das entradas. Anotaram meu número de telefone e me disseram para ficar tranquila. Minha surpresa foi que no dia seguinte não tinha mais stand e o número de celular passado não existia.”

Giane então buscou ajuda de advogado, que a orientou a mover ação contra organizadores do evento. Um ano e quatro audiências depois, ela finalmente conseguiu no Juizado do Consumidor receber valor pago pelos ingressos sem correção de juros, sem indenização.

Entre as empresas acionadas estavam: Xaxá Produções, Shopping Campo Grande, New York Brasil, empresa de São Paulo, Lenz, do Ceará, Completa Marketing e Eventos de Campo Grande e também contra o Paladar Buffet, responsável pelo Diamond Hall. Porém, segundo Giane, apenas o empresário Thiago Cance apresentou proposta de devolver o valor dos ingressos. O dono da Xaxá Produções, por exemplo, sequer foi localizado, de acordo com Giane.