16 de maio de 2022
Campo Grande 21º 13º

TRETA | FAMOSOS

Maíra Cardi quer processar Paulo Vieira e ele reage: 'Branco acha que só eles têm advogado'

O humorista Paulo Vieira considerou as palavras de Maíra como um ato de gordofobia e falou abertamente, também na web, que diante do que havia lido, concluiu que ela mereceu as traições do marido

A- A+

Ter o marido confinado no “BBB22”, por enquanto, não tem dado dor de cabeça para Maíra Cardi. Mas a coach de emagrecimento tem se estressado por outro motivo. No último dia 23 de janeiro, ela usou as redes sociais para expressar sua indignação pelo fato do marido ter comido pão no reality da Globo. O humorista Paulo Vieira considerou as palavras de Maíra como um ato de gordofobia e falou abertamente, também na web, que diante do que havia lido, concluiu que ela mereceu as traições do marido. Em vídeos publicados nos Stories do Instagram na terça-feira, 25 de janeiro, a coach disse que vai processar o comediante por tê-la acusado de ser gordofóbica.

Na avaliação de MaíraPaulo foi quem agiu de forma preconceituosa. De acordo com a assessoria do artista, ele prefere não falar sobre o assunto, mas se expressou no Twitter: “Branco acha que só eles têm advogados”, escreveu Vieira.

Nos stories, Maíra Cardi afirmou que fez uma brincadeira após uma amiga ter dito que ela estaria mais preocupada com Arthur Aguiar comendo pão do que com outras coisas.

“Não precisa ter dois neurônios para saber que é uma brincadeira. Entenderam a brincadeira e agiram na maldade. Fingiram que não entenderam porque gostam de palco. Você vai dar palco na Justiça”, disse Maíra, sem citar o diretamente o nome do humorista, assim como ele, em momento algum, citou ela.

Você me acusou de gordofobia, que é uma coisa inadmissível para mim e que tenho muito repúdio e repulsa por pessoas gordofóbicas. O Brasil inteiro sabe que eu trabalho com emagrecimento. Eu emagreci Lexa, Larissa Manoela, Ludmilla, Sorocaba… Eu e minha equipe emagrecemos mais de 500 mil pessoas. Então, se tem uma pessoa que tem o lugar de fala dentro do emagrecimento, essa pessoa sou eu”, prosseguiu a coach de emagrecimento. 

“Se tem alguém que conhece a dor de uma pessoa que luta não só para emagrecer, mas por respeito, que sofre bullying, que sofre das emoções… As pessoas não comem comida, elas comem emoções. Elas sabem o que devem comer, mas muitas vezes não conseguem. Se tem alguém que sofre junto com essa luta, esse alguém sou eu. Eu não admito que isso seja colocado de outra forma”, disse a ex-BBB9.