16 de janeiro de 2021
Campo Grande 28º 22º

Maria Gadú se apresenta este sábado na Capital

A cantora Maria Gadú se apresenta em Campo Grande neste sábado com show inédito "Maria Gadú e Banda". O show é mais uma realização de Pedro Silva Produções e será no Palácio Popular da Cultura. Para os fãs da cantora esta é uma oportunidade de ouro de vê-la de perto em um novo show que traz em seu repertório composições sucesso de Maria Gadú além de regravações de alguns artistas que influenciaram a carreira da jovem compositora.

é paulista, filha de mãe brasileira e pai francês. Desde a infância teve contato com a música. Com  sete anos de idade já gravava suas composições em fitas cassetes mesmo tendo recebido aulas de violão por poucos meses Maria Gadú logo despertou seu talento musical e passou a compor suas primeiras canções.

Foi assim que nasceu "Shimbalaiê", que se tornou sucesso em todo Brasil e foi tema de novela Viver a Vida da Rede Globo. O curioso é que esta canção que traz em si uma imensa maturidade musical foi composta pela menina Maria Gadú aos dez anos de idade. Em 2009, a cantora, que também é exímia guitarrista e violonista despontou na cena musical brasileira e logo ganhou o título de revelação da MPB.

O primeiro álbum “Maria Gadú” lançado pelo selo SLAP, da gravadora Som Livre, em 2009, vendeu 180 mil cópias. Assim, a cantora e compositora conquistava seu lugar entre os artistas da MPB brasileiros com apenas 22 anos de idade. O segundo álbum "Mais Uma Página", vendeu mais de 100 mil cópias e consagrou Maria Gadú.

Maria Gadú mostrou a todos que é muito mais que um fenômeno comercial, tão comum hoje em dia no Brasil e no mundo, e  a jovem artista tem sido protagonista de uma história em que a música e poesia têm destaque principal. Por isso, ela tem conquistado fás em todo Brasil e no exterior. Entre eles, figuras ilustres da música brasileira, como o baiano Caetano Veloso, que, inclusive a convidou para gravação de um DVD ao vivo pelo Multishow, em 2011, intitulado, "DVD ao Vivo Multishow Caetano e Maria Gadú" em que os dois tocam no violão músicas que marcaram a carreira de ambos, como "Shimbalaiê", de Gadú e "Rapte-me camaleoa", de Caetano.

Maria Gadú já foi indicada duas vezes ao Grammy Latino. Antes do sucesso nacional e internacional, a cantora já havia conquistado o prestígio do público quando a sua versão de "Ne me quitte pas", de Jacques Brel, foi incluída na minissérie "Maysa – quando fala o coração", dirigida por Jayme Monjardim , filho da cantora Maysa. Outras regravações de sucesso de Maria Gadú são dos clássicos do rock  como "Quase sem querer", da banda Legião Urbana, música do filme "Desenrola" (2011).

Dona de um repertório invejável, Maria Gadú é sucesso de público e crítica por onde passa. Em seu show atual, junto com sua Banda, Maria apresenta os sucessos dos seus primeiros álbuns, Maria Gadú e Mais Uma Página, além de hits que influenciaram sua carreira.

Ficha Técnica

Voz / Violão / Guitarra – Maria Gadú

Guitarra – Fernando Caneca

Baixo – Gastão Villeroy

Cello – Federico Puppi

Percussão – Doga

Bateria - Cesinha

Serviço:

O show será dia 19 de julho às 21h no Palácio Popular da Cultura. Os ingressos estão à venda no stand Pedro Silva no Shopping Campo Grande. o stand fica no 1º piso em frente a Loja Riachuelo. Mais informações pelo telefone 33260150. Quem preferir, pode comprar ingressos pela internet, através do site www. compringressos.com, ou pelo telefone 40620018. Vale lembrar que os ingressos são numerados.

Heloísa Lazarini