25 de junho de 2021
Campo Grande 30º 19º

Record vai à Justiça para cobrar multa milionária de Luiz Bacci

A- A+

Uma eventual volta de Luiz Bacci à Record vai encontrar várias barreiras. Uma delas, de ordem judicial. A rede de Edir Macedo entrou na Justiça para cobrar uma multa milionária do jornalista, que rompeu contrato em maio do ano passado, dois meses após renová-lo, para se mudar para a Band. A passagem de Bacci pela Band, no entanto, fracassou. Ontem (25), a emissora avisou o jornalista que seu vínculo, que iria até novembro de 2017, será rompido até o final do mês.

Na Record, Bacci deixou para trás um contrato de quatro anos. Ganhava cerca de R$ 100 mil, um terço do que a Band lhe ofereceu. No total, o contrato valia R$ 5 milhões, mas a Record está pedindo uma indenização de R$ 2,5 milhões. A ação tramita na 35ª Vara Cível de São Paulo e ainda está em fase inicial.

Em seu acordo com o jornalista, a Band não assumiu o compromisso de pagar a multa cobrada pela Record em caso de condenação. Ou seja, Bacci poderá ficar sem emprego na Band e ainda correr o risco de assumir uma dívida milionária com a Record.

Mas, segundo pessoas próximas ao jornalista, a eventual multa da Record entrará na negociação da rescisão com a Band. Os advogados de Bacci devem propor uma indenização próxima de R$ 5 milhões, mas Band deve oferecer no máximo R$ 3 milhões, apurou oNotícias da TV.

Bacci assinou contrato de 42 meses com a Band para fazer um programa diário e um semanal. O diário estreou em agosto e acabou em dezembro, porque não dava lucro. O semanal nunca saiu do papel.

Mesmo com o rompimento de contrato e o processo na Justiça, Bacci e Record já têm conversado sobre uma possível volta. Vice-presidente de jornalismo da emissora, Douglas Tavolaro perdoou o ex-funcionário, o que abre portas, mas há resistência de outros executivos da rede. O processo que tramita na Justiça pode virar um trunfo da Record.