PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

ENTREGAS OUTUBRO PMCG SLOGAN
quinta, 17 de outubro de 2019

Dourados

Justiça mantém prisão de policial que matou homem durante briga no cinema

Por: Dourados News10/07/2019 às 17:11
ComentarCompartilhar

Audiência de custódia realizada há pouco no Fórum de Dourados manteve a prisão do cabo da Polícia Militar Dijavan Batista dos Santos, 37, lotado na Ambiental do município. Ele é o autor do disparo que matou o bioquímico Júlio César Cerveira Filho, 43, na sala 1 do cinema do Shopping Avenida Center, na tarde de segunda-feira (8/7). 

Ontem (9/7), o juiz Eguiliell Ricardo da Silva da 3ª Vara Criminal, converteu a prisão em flagrante do acusado em preventiva “para garantia da ordem pública e conveniência da instrução criminal”. 

Ele também será transferido para o Presídio Militar de Campo Grande. 

Dijavan foi preso logo depois do crime e encaminhado ao quartel da PMA nas proximidades do local onde ocorreu o fato. De lá, acabou levado ao 3º Batalhão de Polícia Militar e posteriormente ao 1º Distrito Policial onde prestou depoimento e retornou à Ambiental. 

Conforme relato do suspeito, a confusão ocorreu após desentendimento com a vítima por um assento na sala de cinema. 

Ambos teriam discutido e posteriormente entrado em luta corporal, resultando no disparo por parte do policial militar. 

O tiro atingiu o peito de Júlio e transfixou o pescoço. O socorro chegou a ser acionado, porém, a vítima já estava morta. 

Nesta quarta-feira o advogado da família do bioquímico, Pedro Teixeira Silva, distribuiu nota à imprensa pedindo respeito ao luto, alegando ainda que as versões até o momento são apenas da parte do acusado. 

“Diante da brutalidade do ato trágico ocorrido, a família informa que não irá se pronunciar por ora, de forma que pedimos respeito ao luto. O momento requer parcimônia, humanidade e sensibilidade, uma vez que os fatos estão sendo elucidados pela investigação e as notícias veiculadas dão conta tão somente da versão do acusado, autor do disparo que culminou nesta tragédia, exposta em seu depoimento à polícia civil”.

Deixe seu Comentário

TV MS

04 de outubro de 2019
"Lutar pela liberdade de Lula é ato de resistência". diz ator Osmar Prado

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma