MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

SEGOV AGILITÁ VÍTIMAS
tera, 22 de outubro de 2019

"PAI E FILHO"

Pai do homem que matou bebê de dois anos afogado está preso por estupro

Evaldo pai foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão

Por: TERO QUEIROZ20/09/2019 às 12:40
ComentarCompartilhar
Pai de rapaz que matou filho afogado foi preso por estuproPai de rapaz que matou filho afogado foi preso por estuproFoto: Reprodução/JNE

Evaldo Zenteno, 51 anos, pai de Evaldo Christyan Dias Zenteno, 21 anos, que matou o filho de 2 anos na tarde de ontem (19) afogado em uma bacia no bairro Aero Rancho, em Campo Grande, está condenado a 10 anos de prisão por estupro de vulnerável, contra uma criança de 9 anos, o crime ocorreu em 2017 no município de Aquidauana, no interior de Mato Grosso do Sul. As informações são do Campo Grande News. 

Segundo apurou o site, o pai de Evaldo foi preso em 4 de junho de 2017, em flagrante enquanto estuprava a criança de 9 anos, vizinha dele. Conforme a denúncia, o homem atraía a criança até a janela da casa e obrigava a menina a fazer sexo oral, o homem deixava um caixote ao lado de fora de a casa para a criança subir e ele não precisar sair da casa. 

A criança ganhava chocolate caso fizesse o que homem lhe pedia, revelou a polícia. Na casa de Evaldo Pai, foram encontrados calcinhas da criança além de boletim escolar e preservativos. 

O homem se valia de contos de historinhas, já que sem seu guarda-roupas, foram encontradas figuras de desenhos infantis, apropriados por ele para consumar os abusos. 

Pelo estupro da menina de 9 anos, o homem foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão.

Deixe seu Comentário

TV MS

04 de outubro de 2019
"Lutar pela liberdade de Lula é ato de resistência". diz ator Osmar Prado

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma