30 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 24º

Fonoaudiologia não é exclusividade da ”classe média alta”

Para comemorar o dia do fonoaudiólogo, Pollyana Caetano comenta a importância da profissão. Pollyana é uma das profissionais mais conceituadas do Estado, e atualmente, através de seu estudo em especialização da voz atende artistas sertanejos de sucesso e renome nacional em parceria com o escritório Western,  como: Munhoz e Mariano, Thiago e Graciano, Pedro Henrique e Fernando. Pollyana também atende outros músicos como Duda Marques e Emanuel Freitas.

O profissional da área estuda funções neurovegetativas (mastigação, deglutição e aspectos funcionais da respiração) e a comunicação humana, que é a função neurológica mais complexa que o sistema nervoso pode processar.

A fonoaudióloga sempre viu seu pai, Ademilson Rocha, ligado à comunicação, esse foi um dos incentivos a entrar na área. Por outro lado, Pollyana sempre teve o desejo de estar ligada a saúde humana, isso fez com que o e seu amor e o respeito às pessoas fosse conciliado através da união da comunicação e saúde.

O conhecimento na área musical também fez com que fosse escolhida a área da voz. Pollyana ajuda os artistas a trabalhar técnicas de aquecimento e desaquecimento da voz em shows assim como os ensin a trabalhar com a  chamada respiração diafragmática para melhor se apresentar ao público e aos fãs.

Hoje, segundo Pollyana, a profissão ainda é vista por muitos como de “classe média alta”, onde apenas aqueles que possuem renda elevada podem buscar atendimento. No entanto, a especialista afirma que esta é uma ideia ultrapassada. Muitas pessoas de diferentes classes sociais podem possuir algum distúrbio e por isso devem procurar ajuda para que não se torne algo grave.

Para concluir, Pollyana deixa um recado aos colegas de profissão, parabenizando-os e acreditando que juntos podem ajudar a tornar esta ciência ainda mais conhecida, já que a fonoaudiologia é uma das áreas da saúde mais importantes e que deve receber toda atenção.  Pollyana aproveita e pede a todos os profissionais da área que se aprimorem para que os atendimentos sejam feitos de forma adequada, com ética, respeito ao próximo e amor aos pacientes.

Tayná Biazus