23 de setembro de 2021
Campo Grande 35º 20º

Economia

Canal de Suez: navio pode ser liberado no início da semana; saiba o que falta

A- A+
source
Navio interrompe passagem pelo Canal de Suez
Reprodução/Maxar Technologies
Navio interrompe passagem pelo Canal de Suez

navio que bloqueia o Canal de Suez há cinco dias pode finalmente ser retirado no inicio da semana, afirmou a empresa responsável pela missão de liberar a via. A passagem liga o Mar Vermelho ao Mediterrâneo , representa 10% do comércio marítimo mundial, e 200 navios esperam para fazer a travessia. As informações são da agência France-Presse (AFP).

Desde a quarta-feira (24), a Autoridade do Canal de Suez (SCA) tenta liberar o navio de mais de 220 mil toneladas, que está preso no sul do Canal. "Com os barcos que teremos no local, a terra que já conseguimos dragar e a maré alta, esperamos que seja suficiente para desencalhar o navio no início da próxima semana", afirmou Peter Berdowski, diretor executivo da Royal Boskalis, a matriz da Smit Salvage, empresa holandesa contratada para ajudar na operação, à AFP.

Berdowski disse que se essa ação não suficiente, vai ser necessário retirar os contêineres que estão no navio, a fim de diminuir o peso do cargueiro . Essa solução, porém, levaria muito mais tempo.

A empresa dona do navio, a japonesa Shoei Kisen, é mais otimista e espera que o gigante seja desencalhado na madrugada de sábado (27) para domingo (28). Já a companhia contratada para a operação de liberação do porta-contêineres já chegou a citar "dias ou até semanas" para que o problema seja resolvido.

Uma maré alta prevista para domingo pode ajudar a retirada do navio, informou à AFP Plamen Natzkoff, especialista da VesselsValue. "Se não conseguirem liberar o navio, a próxima maré alta não acontecerá antes de 15 dias e isto pode ser problemático", alertou.