21 de janeiro de 2021
Campo Grande 28º 21º

Colheita de soja registra record em MS

Mesmo com as condições climáticas desfavoráveis, tanto no plantio, como na colheita, a produção da soja no Estado totalizou 6,05 milhões de toneladas na safra 2013/2014, aumento de aproximadamente 4,5% em relação a safra anterior, quando o Estado produziu 5,8 milhões de toneladas do grão.  Os dados são da Aprosoja/MS (Associação de Produtores de Mato Grosso do Sul)

Os resultados ficaram próximos das projeções a partir da quebra com as intempéries, quando a entidade já aguardava produção acima de 6 milhões de toneladas, afirma o presidente da Associação, Mauricio Saito.

A produtividade apresentou média de 46,3 sacas por hectares, com queda de cerca de 4% em relação a anterior (48 sc/hec). O município com maior produtividade na safra 2013/14 foi Chapadão do Sul, onde o sojicultor conseguiu colher 57 sacas por hectare, logo depois, ficou São Gabriel do Oeste, com 55 sacas por hectare.

Em sentido contrário, Douradina foi a cidade com menor produtividade, registrando apenas 30 sacas da oleaginosa por hectare. Em Dourados, importante polo produtor, a produtividade foi de 42,5 sacas por hectare. "Maracaju, o município que mais produz soja em MS, apresentou média de 45,5 sacas por hectares, colhendo 683 mil toneladas de soja", ressalta Saito. Em MS, a área destinada ao plantio de soja passou de 1,98 milhão de hectares para 2,18 milhões, com avanço de 10%.

Ainda de acordo com o presidente o que freou  a produção foi o clima e não a ferrugem asiática nem a Helicoverpa Armigera. Informações da Granos Corretora apontam que o preço disponível atual é de R$ 61,50 a saca. Até o momento, 65% da soja 2013/14 já foi comercializada.