14 de agosto de 2020
Campo Grande 35º 22º

Mooby´s rebaixa a nota de quatro bancos americanos

A agência de classificação de risco Moody's concluiu na última quinta-feira (14) a revisão de oito grandes grupos bancários norte-americanos, sendo que quatro deles tiveram a sua nota rebaixada: Bank Of New York Mellon, Goldman Sachs, JP Morgan Chase e Morgan Stanley.

O Goldman Sachs viu a sua nota cair de A3 para Baa1, enquanto a do Bank of New York Mellon passou de Aa3 para A1. Já o rating do JPMorgan baixou de A2 para A3 e o Morgan Stanley teve sua nota cortada de Baa1 para Baa2.

Já o Bank of America Merrill Lynch, Citigroup, State Street e Wells Fargo tiveram o seu rating mantido. Todos agora estão com perspectiva estável.

A agência justificou essa decisão baseado no reforço dos instrumentos de resolução dos bancos norte-americanos acionados pela Lei Dodd-Frank, "que têm efeitos sobre os pressupostos da Moody's relativamente ao apoio do governo federal dos EUA". A agência considera que haverá menos possibilidades de o governo dos EUA ajude os bancos a reembolsarem os seus credores em caso de crise.

"Acreditamos que os reguladores bancários dos EUA fizeram um importante progresso ao estabelecer um quadro de referências com credibilidade para resolver a falência de um grande banco. Em vez de depender de recursos públicos para salvar uma instituição financeira, nossa expectativa é de que os credores entrem no processo e arquem com grande parte da carga para ajudar na recapitalização do banco quebrado", destacou Robert Young, diretor-gerente da Moody's.

Portal Brasil 247