03 de maro de 2021
São Paulo 39º 24º

Demissão

Alvo da Lava Jato, Aloysio Nunes pede demissão do governo de SP

Ele entregou uma carta ao governador João Doria

O ex-ministro e ex-senador tucano Aloysio Nunes pediu demissão da presidência da InvestSP na tarde desta terça-feira (19), mesmo dia em que a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão em sua casa e ainda prendeu Paulo Vieira de Souza, apontado como operador financeiro ligado ao PSDB, em uma operação da 60ª fase da Lava Jato.

Segundo o G1, Aloysio comunicou sua decisão ao governador de São Paulo, João Doria, por carta. Ele se disse surpreso com a investigação da PF.

"Como é de conhecimento de V.Exa., fui surpreendido hoje por um diligência da Polícia Federal em minha casa, em cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Federal", diz trecho.

Mais cedo, Aloysio negou qualquer envolvimento em esquema de propina da Odebrecht.