28 de novembro de 2020
Campo Grande 36º 23º

Bolsonaro

Bolsonaro desabafa: 'espero que essa quarentena termine ainda esta semana'

Ele voltou a criticar prefeitos e governadores em razão do isolamento social

O presidente Jair Bolsonaro disse, em tom agressivo, que espera que governadores e prefeitos encerrem o isolamento social mais severo ''ainda esta semana''. Em entrevista coletiva na porta do Palácio do Alvorada, na manhã desta segunda-feira (20), o presidente disse que o Brasil sofre com crise econômica causado pelo fechamento do comércio. 

"Dá para recuperar o Brasil ainda. Eu espero que essa seja a última semana dessa quarentena, dessa maneira de combater o vírus, todo mundo em casa. A massa não tem como ficar em casa, porque a geladeira está vazia", afirmou. 

O presidente criticou prisões de pedestres que estariam desrespeitando a quarentena, principalmente em São Paulo e Rio de Janeiro. 

''Eu sou a favor das liberdades... não se pode prender uma mulher de biquíni na praia ou uma pessoa que esteja numa praça, sozinha, como estão fazendo por aí...'', lamentou Bolsonaro. E completou: ''tudo o que é feito com excesso acaba tendo problemas".

Conforme o R7, o presidente voltou a falar que sua gestão está preocupada em combater o coronavírus e evitar o agravamento da situação econômica do país.