23 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 20º

Covid-19

Com suspeita de Covid-19 descartada, profissionais de saúde vão retomar atividades

No início desta semana, mais de 20 trabalhadores da área vermelha do HV (Hospital da Vida) e da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) tiveram que ser afastados após terem entrado em contato com um homem suspeito de portar o vírus Sars-CoV-2.

O filho dele, que havia transportado o pai até as unidades de saúde, está diagnosticado com coronavírus (Covid-19), o que levantou as suspeitas de contaminação do pai.

O resultado do teste deste paciente foi divulgado nesta sexta-feira (29) descartando qualquer possibilidade de estar com coronavírus. O homem havia dado entrada na UPA no dia 24 de maio apenas como caso de AVC (Acidente Vascular Cerebral) e depois encaminhado ao HV onde permaneceu por aproximadamente 24 horas.

Com o resultado negativo para o coronavírus, os profissionais de saúde poderão retomar as atividades e voltar a integrar as equipes de plantonistas.

Conforme informações da direção médica do HV, como o paciente teve contato com todos os grupos de trabalhadores da área vermelha, consequentemente, os grupos que estavam atendendo no setor tiveram que ser afastados às pressas.