05 de dezembro de 2020
Campo Grande 30º 24º

Rio Paraná

Contrabandistas saltam de ponte no Rio Paraná para escapar de ‘batida’

Em barreira na divisa de Mato Grosso do Sul e o estado do Paraná no início da manhã desta segunda-feira (30), quatro envolvidos foram presos e seis carros, apreendidos. Ao menos três membros da quadrilha teriam saltado da ponte sobre o Rio Paraná. 

A PRF (Polícia Rodoviária Federal), em uma operação conjunta com a Receita Federal, conseguiu apreender cerca de 50 mil carteiras de cigarros.

Por volta das 5h30 desta segunda (30), agentes da Receita Federal no estado do Mato Grosso do Sul entraram em contato com a PRF para, em ação conjunta, interceptar um comboio de carros que vinha do MS.

Na ponte Ayrton Senna, os policiais avistaram um comboio composto por seis carros – um Honda Civic, um GM Prisma, uma GM Meriva, um GM Vectra, um Toyota Corolla e um Toyota Prêmio paraguaio -, quando iniciaram as abordagens.

Um dos carros foi abordado na cabeceira da ponte e seu motorista, preso. O restante do comboio deu meia volta e tentou retornar para o MS, sentido Mundo Novo, mas foram abordados e três pessoas foram presas em dois carros. 

No meio da ponte, mais três veículos foram encontrados abandonados. Existe a possibilidade de terem pulado no rio Paraná e fugido.

Todos os carros transportavam cigarros contrabandeados do Paraguai e totalizaram cerca de 50 mil carteiras, avaliados em cerca de R$ 250 mil.

Os presos, os cigarros e os carros foram encaminhados à Polícia Federal em Guaíra (PR), para registro do crime de contrabando.