27 de setembro de 2020
Campo Grande 39º 25º

Tentativa de Homicídio

Desavença entre fazendeiros termina com preso por tentativa de homicídio

No local foram apreendidas duas armas de fogo e várias munições

A Polícia Civil de Água Clara, município a 193 quilômetros de Campo Grande, prendeu dois homens e apreendeu duas armas de fogo em uma fazenda do município. O dono da propriedade, que mora em São Paulo, será investigado por possível posse de arma de fogo de uso permitido.

Segundo nota, após denúncia de desavenças entre os proprietários de fazendas vizinhas, com  informações de possíveis armas de fogo em uma das propriedades, os policiais fizeram buscas no local. Chegando em uma das fazendas, se depararam com um buraco cavado na porteira de acesso entre as duas propriedades.

Supostamente, o proprietário teria mandado cavá-lo para impedir que o dono da fazenda vizinha, suposto arrematante da área, procedesse à nova demarcação. Diante de uma suspeita de furto de madeiras de demarcação surgida naquele momento, dano e possível posse de armas de fogo, os policiais ingressaram na propriedade rural, chegando primeiro à residência do caseiro.

De imediato ele confessou ter um revólver escondido em seu armário e o entregou aos policiais, sendo autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. Em seguida, foi encontrado outro indivíduo, se identificando como mecânico, morador de Dracena (SP). 

Diante do nervosismo do suspeito, foi checado seu nome nos sistemas da cidade de origem, sendo informado pelo Poder Judiciário de Dracena que havia contra ele mandado de prisão em aberto, por tentativa de homicídio. Segundo consta nos autos, o mesmo teria agredido um rival com uma barra de ferro, causando traumatismo craniano.

Ainda em diligências, a equipe da Polícia Civil identificou uma porta trancada na sede, que, segundo o mecânico, seria de uso exclusivo do proprietário, que não se encontrava no local. O local foi arrombado e, após buscas no quarto, foi encontrada arma de fogo calibre 38 especial, com trinta e seis munições embaladas em jornal de língua espanhola, possivelmente procedente do Paraguai.