20 de setembro de 2021
Campo Grande 38º 26º

TRAGÉDIA | TAGUAÍ

Empresa responsável por ônibus que colidiu com caminhão e matou 41 pessoas é clandestina

Veículo tinha 11 multas e o licenciamentos em atraso

A- A+

A empresa Star Viagem e Turismo, dona do ônibus envolvido no acidente com 41 mortos na manhã desta 4ª-feira (25.nov.2020) em Taguaí, no estado de São Paulo, não tinha autorização para circular, pois tinha todos os licenciamentos em atraso. A informação é do G1.  

Segundo a Agência de Transporte do Estado de São Paulo a empresa já tinha sido multada 11 vezes, por “mau estado de conservação e defeito de iluminação/sinalização”.

As multas mais recentes foram passadas em março de 2020, devido ao fato de a empresa estar realizando viagens de forma irregular. Em 1 dos transportes viajava com 30 estudantes, noutro com 42.

Nem no site da Agência de Transporte do Estado de São Paulo, nem no site da Agência Nacional de Transportes Terrestres há registros sobre a Star Viagem e Turismo, criada em 2016 e com sede em Taquarituba.

Acusações estas que a empresa nega serem verdadeiras. “Toda a documentação relativa ao veículo envolvido no trágico acidente está em conformidade com os órgãos governamentais e em perfeita validade”, garantiu a Star. (Veja AQUI sobre o acidente).