05 de dezembro de 2020
Campo Grande 30º 24º

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Homem atira em namorada e confessa crime ao levá-la no hospital

O rapaz teve a prisão preventiva temporária decretada

A Polícia Civil prendeu um rapaz de 19 anos, suspeito de tentativa de feminicídio contra a namorada, de 23 anos, em Brasilândia, a 374 km de Campo Grande. Em depoimento, nessa terça-feira (18), ele confessou que atirou na vítima, porém, disse que foi um "disparo acidental enquanto manuseava um revólver dentro de casa".

No entanto, na primeira versão, quando a jovem foi atingida pelo tiro, no dia 8 de fevereiro, o rapaz a levou para o hospital com a família e lá falou que estava pilotando a moto, quando ela foi atingida por uma bala perdida no trajeto entre uma lanchonete e a residência do suspeito.

Com a investigação, a polícia fala que houve inconsistência na versão apresentada e constatou que o tiro saiu da casa do suspeito. O rapaz teve a prisão preventiva temporária decretada e foi acolhido pelo Poder Judiciário.

Logo após a prisão, houve perícia no imóvel do suspeito e lá foram encontrados vestígios de sangue em um dos banheiros da casa, local onde teria ocorrido o disparo. Ao ser confrontado, o jovem mudou a versão, falando do tiro acidental.

A polícia fala que agora fará novas diligências para verificar a veracidade do que foi apresentado pelo suspeito. Enquanto isso, ele permanece em uma das celas da delegacia do município. Já sobre a arma de fogo, o rapaz disse que o objeto foi escondido e se comprometeu a falar do paradeiro. O inquérito deve ser concluído em 10 dias.

Quem souber de informações do fato pode entrar em contato com a Polícia Civil. O telefone para denúncias anônimas, sob sigilo absoluto, é (67) 99919 5990.